Recordando as alegrias da igreja local – Gunner Gundersen

Gunner Gundersen

“Em todos os momentos e em todos os lugares, a reunião dos santos é como uma chuva fresca enviada por Deus para fortalecer Seu povo. Os cristãos se reúnem para adorar, não porque possa ser útil se tudo der certo, ou se nossos líderes planejarem o serviço da maneira certa; ou se todo mundo sorri para nós com perfeito grau de sinceridade, ou se lidamos com as pequenas conversas sem problemas e nos envolvemos com a profundidade certa em cada discussão.

Não nos reunimos para sermos legais, porque não somos. Não nos reunimos porque existem pessoas suficientes da nossa idade, porque esse não é o ponto. Não nos reunimos porque estamos seguros, porque em muitos lugares do mundo não estamos seguros ao fazer isso. Não nos reunimos porque é fácil ou conveniente, porque não seguimos um Salvador que carregava um travesseiro, mas sim uma cruz.

Em vez disso, nos reunimos porque somos salvos. Nos reunimos porque somos perdoados. Nos reunimos porque somos um. Nos reunimos porque somos redimidos, renascidos e comissionados para levar o evangelho até os confins da terra. Nos reunimos porque o Deus que estamos adorando instituiu nosso encontro como a principal maneira de nos amadurecer, treinar e confortar. Não é apenas quando as músicas, orações ou sermões tocam nossas almas. Nos encontramos porque Deus edifica Seu povo através do nosso encontro toda vez, em qualquer lugar, sem falta, não importando como nos sentimos. Como a chuva nos campos, é assim que nossas reuniões funcionam.”

FONTE: Gunner Gundersen, em “E se eu não estiver com vontade de ir à igreja? “, citado por Tim Challies aqui 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.