Como sobreviver ao Dia dos Namorados estando solteiro – Jairo Namnún

JAIRO NAMNÚN

Chegou o dia. Independentemente de sua origem, a realidade é que a celebração do Dia dos Namorados está ai. Você viu isso no fim de semana nos anúncios da loja e no Instagram. Talvez no seu grupo de jovens já tenham falado sobre isso. Mas se você conseguiu escapar da publicidade, não será capaz de escapar das fotos de seus amigos, todos felizes, sorrindo e agradecendo a Deus pelo belo servo ou serva que Deus lhe deu.

E você?

Mais um ano com jantar para um.

Mais um ano em que você tem que estar no retiro de solteiros.

Mais um ano em que você terá que comer a grande pizza de calabresa e bacon sozinho. 

Se você é cristão, sabe que é amado por Deus; você sabe que tudo coopera para o bem; você sabe que Ele iniciou um trabalho em você que vai completá-lo. O que você provavelmente não sabe é por que Ele não conclui esse trabalho com um parceiro, por que Ele está trabalhando para o bem através da solteirice e por que Ele não mostra o Seu amor através do amor de um servo ou serva de Cristo. Afinal, o casamento é um excelente método de santificação, e Deus quer que você seja mais santo!

O dia dos Namorados só piora as coisas. Embora eu tenha a alegria de ter casado aos 20 anos de idade (sim, era precoce), também tenho o privilégio de servir com jovens por mais de 12 anos. Então, se você me permitir, aqui estão algumas dicas que podem ajudá-lo neste dia complexo.

1. Submeta verdadeiramente seus pensamentos a Cristo

Essa é a base de todos os outros conselhos. De fato, este é um conselho de Deus (leia, é um mandamento. Ver 2 Coríntios 10: 5 ; Filipenses 4: 6-7 ). A verdadeira batalha neste dia não é financeira nem emocional: é espiritual. Você precisa se lembrar das verdades do Evangelho todos os dias e hoje de uma maneira especial.

Existem duas áreas nas quais você pode ser muito tentado hoje ,nas quais deve se submeter ao Senhor: queixa e descrença. Reclamar é praticamente uma constante em nossas vidas, mas hoje você pode estar mais tentado do que o normal. Traga esses sentimentos e pensamentos de ingratidão ao Senhor e traga à sua mente algumas das grandes bênçãos que você já recebeu: novas misericórdias, perdão de seus pecados, uma comunidade de fé que serve a você e a quem você serve, sustento , família, amigos. O próprio Cristo é seu.

Ao fugir da queixa e lembrar das misericórdias de Deus, jogue fora a descrença. A menos que você tenha sido chamado por Deus para ser solteiro, com toda a probabilidade Deus lhe fornecerá uma pessoa que o ama e com quem você pode passar o resto de sua vida trazendo glória a Seu nome no santo matrimônio. Só porque não é o caso hoje, não significa que não será o caso amanhã. Não seja incrédulo e não perca a esperança no amor do Senhor por você.

2. Não tente conquistar sua paixão hoje

Não caia na tentação de que, como todo mundo está se apaixonando, você deve aproveitar o momento e tentar entrar no estado do amor. Por favor, a menos que você esteja há meses orando e preparando o terreno, não tente iniciar um namoro ou relacionamento romântico hoje. Devido à publicidade, à mídia social ou qualquer outra coisa, existem muitas emoções à flor da pele para levar a tentação de tomar decisões tão importantes como essas em um dia como esse.

Relacionado a isso, e talvez de maior importância para nossas irmãs, por favor: não criem falsas esperanças. É muito comum que nessas datas, para não se sentirem sozinhas, algumas irmãs recebam os elogios dos irmãos bem-intencionados com um sorriso maior do que o habitual, ou talvez até deem sinais mistos que os façam pensar que há alguma esperança relacional, quando não existe nada. Querida irmã (ou irmão), isso é brincar com o coração de uma pessoa criada à imagem de Cristo, e é pecado. Cuide do seu coração e cuide do coração seu irmão ou irmã.

3. Lembre-se de que compartilhar com amigos não é ser um perdedor

Talvez não seja o que você planejou, mas não há absolutamente nada de errado em sair com alguns irmãos na fé e desfrutar da companhia deles em um encontro como esse. É uma boa oportunidade para compartilhar um com o outro e até orar um pelo outro. É uma maneira de lembrar as bênçãos que Deus lhe deu por meio de Sua Igreja, e também de lutar contra os sentimentos que discutimos no conselho numero 1.

4. Mostre amor às pessoas ao seu redor

Por que não presentear seu irmão? Como você acha que sua mãe ou seu pai reagiriam  se você desse a ele um presente amoroso? Algum amigo íntimo que você pode abençoar com uma oração? Alguma mensagem de encorajamento que você possa expressar ao seu pastor? Se este é o dia do amor e da amizade, “roube” do mundo a ideia de que o amor é apenas amor romântico e demonstre que o amor verdadeiro é exibido em ações.

Uma pequena consideração para os cristãos que não querem celebrar esta data de forma alguma: Sem problemas! Mas não amargue o momento para aqueles que querem. Você não precisa usar preto e ser chato. Ao contrário de outros feriados seculares, este é o que, em sua essência, celebra algo que agrada a Deus: o amor um pelo outro. Isso é, pelo menos, graça comum.

5. Lembre-se do quanto você é amado

Não quero parecer um disco quebrado, mas como o amor é mostrado em ações, não é possível para um cristão duvidar do amor de Deus. Ele não apenas nos dá comida e roupas: Ele nos deu a vida de Seu Filho e nos fez a morada de Seu Espírito. Seu amor por nós não tem fim ou variação, e isso é algo que devemos lembrar e adorar. Seu amor abundou por nós e transbordou no amor de tantas pessoas em relação a nós. Lembre-se do amor de seus pais, irmãos, amigos, pastores, colegas de trabalho, professores … e que tanto amor demonstrado o leve de volta ao Deus do amor.

E se nada disso der frutos, volte ao trono da graça e lembre-se do quanto Deus te amou.

Nós amamos porque Ele nos amou primeiro” 1 João 4:19

Que Deus te abençoe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.